Um site a serviço do Estado - Ano VII - Campo Grande - Mato Grosso do Sul
Canais: 
Busca rápida
Cadernos
CAPA
CLÍNICAS MÉDICAS
COMPRAS - PEDRO JUAN - PARAGUAY
ARTIGOS
SAIBA AONDE SABOREAR AS DELÍCIAS DA CAPITAL
POLÍTICA
CONSTRUÇÃO CIVIL NA CAPITAL
NOTÍCIAS/INTERNET/TEC
MUNDO
TELEFONES ÚTEIS
HISTÓRIA DA PIZZA
GUIA DO COMÉRCIO DE CAMPO GRANDE
BRASIL
NOTICIAS
POLICIA
FALE CONOSCO
MENSALÃO
ESPORTE NEWS
MOMENTO DE REFLEXÃO
SALMO 23 - 25
NOTA ZERO
NOTA 10
SAÚDE
GUIA DO COMÉRCIO DE CAMPO GRANDE
RIO DE JANEIRO
HOTELARIA
JUSTIÇA
ECONOMIA
HORA DO RISO/PIADAS
TRAGÉDIA
FISCALIZAÇÃO PMR
EDUCAÇÃO
OPERAÇÃO LAVA JATO
OPERAÇÃO NOTA ZERO
LAMA ASFÁLTICA
GAECO
SEGURANÇA PÚBLICA
POLÍCIA FEDERAL
OPERAÇÃO RIQUIXÁ
GGIFRON
JORNALISMO
Publicidade
Publicações
28/10/2019 21:29
STF retomará julgamento sobre prisão após segunda instância no dia 7
Justiça

Agência Brasil
Por André Richter – Repórter da Agência Brasil  Brasília

Fachada do Supremo Tribunal Federal (STF) com estátua A Justiça, de Alfredo Ceschiatti, em primeiro plano.

Crédito: .Marcello Casal Jr/ Agência Brasil

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, confirmou que a Corte vai retomar o julgamento sobre a constitucionalidade da execução provisória de condenações criminais, conhecida como prisão após segunda instância, no dia 7 de novembro. 

Na quinta-feira (24), o julgamento foi suspenso com placar de 4 votos a 3 a favor da medida. Faltam os votos dos ministros Gilmar Mendes, Celso de Mello, Toffoli e da ministra Cármen Lúcia. A análise da questão ocorre há quatro sessões.

No dia 17 de outubro, a Corte começou a julgar definitivamente três ações declaratórias de constitucionalidade (ADCs), relatadas pelo ministro Marco Aurélio e protocoladas pela Ordem dos Advogados, pelo PCdoB e pelo antigo PEN, atual Patriota.

O entendimento atual do Supremo permite a prisão após condenação em segunda instância, mesmo que ainda seja possível recorrer a instâncias superiores. No entanto, a OAB e os partidos sustentam que o entendimento é inconstitucional e uma sentença criminal somente pode ser executada após o fim de todos os recursos possíveis, fato que ocorre no STF e não na segunda instância da Justiça, nos tribunais estaduais e federais. Dessa forma, uma pessoa condenada só vai cumprir a pena após decisão definitiva do STF.

A questão foi discutida recentemente pelo Supremo ao menos quatro vezes. Em 2016, quando houve decisões temporárias nas ações que estão sendo julgadas, por 6 votos a 5, a prisão em segunda instância foi autorizada. De 2009 a 2016, prevaleceu o entendimento contrário, de modo que a sentença só poderia ser executada após o Supremo julgar os últimos recursos.

Segundo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o julgamento terá impacto na situação de 4,8 mil  presos com base na decisão do STF que autorizou a prisão em segunda instância. Os principais condenados na Operação Lava Jato podem ser beneficiados, entre eles, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde 7 de abril do ano passado, na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, após ter sua condenação por corrupção e lavagem de dinheiro confirmada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), no caso do tríplex do Guarujá (SP), além do ex-ministro José Dirceu e ex-executivos de empreiteiras.

Edição: Fábio Massalli

Veja também:
Justiça homologa delação de suspeito de invadir celular de Moro
STJ revoga mandado de prisão contra ex-presidente do Paraguai
Poder Judiciário de MS comemorará 40 anos na próxima quarta-feira
Giroto consegue habeas corpus no STJ, mas vai continuar preso
3ª Câmara Criminal condena réu por tráfico de drogas em Nova Andradina
No STF, PGR defende uso de dados bancários e fiscais sem crivo de juiz
Toffoli revoga decisão que pedia relatórios da Receita Federal
Justiça mantém pedágio na Linha Amarela até resultado de perícia
Justiça determina reintegração de posse de 300 casas na fronteira
A população aprendeu a cobrar, diz presidente do Tribunal de Justiça
Democracia no Brasil não está em risco, diz ministro Barroso
Ministro Gilmar Mendes manda soltar Garotinho e Rosinha
OAB vai ao STF questionar flexibilização de conta única do Tribunal de Justiça
Juiza diz que STF deve decidir sobre regime semiaberto para Lula
Fachin determina a prisão do ex-deputado Nelson Meurer
Name perde recurso e terá que pagar imposto sobre doação de precatório
Polícia prende novamente ex-governadores Rosinha e Garotinho
Justiça derruba habeas corpus e determina prisão de casal Garotinho
Juiz manda assassino de motorista retornar para presídio e proíbe saída
STF retoma 2º dia de julgamento sobre prisão em segunda instância
STF condena Geddel e Lúcio Vieira Lima por bunker dos R$ 51 mi
Celso de Mello diz que há indícios de R$ 3,25 mi em propina a deputado
Corregedor nacional inspeciona TJ e atende público nesta segunda
1ª Câmara Cível nega indenização por cancelamento de curso superior
Ministros do STF defendem prisão após julgamento em 2ª instância
Juízes e procuradores contestam Lei de Abuso de Autoridade no STF
CNJ nega pedido da OAB e diz que não há constrangimento em entradas do Fórum e do TJ
TRF-3 decreta prisão preventiva de procurador que esfaqueou juíza
TRF nega recurso e mantém ação contra Puccinelli na Justiça estadual
Aras participa de primeira sessão do Supremo, após assumir PGR
Caso Marielle: polícia cumpre cinco mandados de prisão
Eike Batista é condenado por uso de informação privilegiada
José Dirceu pagará R$ 4,5 mi por custas, multa e reparação de dano
Mourão pede mais integração entre sul-americanos no combate ao tráfico
Justiça decreta prisão de dois investigados de hackear autoridades
Associação de procuradores contesta buscas contra Janot
PF indicia 13 pessoas por usar relatório fraudulento em Brumadinho
Bretas nega pedido do ex-presidente Temer para viajar à Inglaterra
Polícia apreende celulares e computadores em 4 endereços de Flordelis
Após acordo de delação, Léo Pinheiro deixa a cadeia em Curitiba
STF homologa acordo de R$ 1 bi para Amazônia e R$ 1,6 bi para educação
TJ nega recurso que pedia nova prisão por assassinato no cinema
Negado recurso a condenado por latrocínio e falsa identidade
Dodge pede STF que suspenda apreensão de livros LGBT na Bienal do Rio
TJMS destina R$ 1,8 milhão de penas a entidades beneficentes da Capital
Caso Brunão: novo júri sai de pauta aguardando decisão do STF
Justiça revoga prisão de Rosinha e Garotinho
MP prende Garotinho e Rosinha, ex-governadores do Rio
STF nega pedido de Raquel Dodge para prender novamente réus da Lama Asfáltica
Suspeitas de fraude do Bolsa Família somam R$2,25 bi, diz TCU
PGR diz que STF deve decidir sobre anulação de sentenças da Lava Jato
STF vai decidir repasse de fundo da Lava Jato para estados da Amazônia
Desembargador de MS fala sobre Ativismo Judicial na Câmara dos Deputados
Maioria do STF considera inconstitucional corte de salário de servidor
Ministro suspende eventual prisão de condenado pela chacina de Unaí
Embriaguez e reconciliação não impedem condenação por violência doméstica
Judicialização da saúde é tema de debate em Congresso Jurídico
MPs de nove estados fazem ação contra crime organizado
TJ mantém nulidade de regulamentação de serviços de transporte por aplicativos
Fachin vota por receber denúncia, tornar réu e afastar ministro do TCU
Fachin: combate à corrupção deve respeitar limites constitucionais
Desembargadora concede habeas corpus a Eike Batista
Lava Jato: 14 executivos tornam-se réus por corrupção em SP
Juiz nega pedido da OAB para atuar em investigação sobre hackers
Gilmar diz que Judiciário vive “maior crise” desde a redemocratização
Eike Batista é preso novamente pela PF no Rio
Juiz que determinou ida de Lula a Tremembé foi nomeado por Moro
Ministro do STF manda soltar traficante Elias Maluco
Juiz manda PF enviar ao STF cópia de investigação sobre hackers
Ministro do Supremo libera investigação sobre deputada Flordelis
Justiça prorroga prisão de investigados no roubo de ouro em Guarulhos
Juiz decreta prisão preventiva dos investigados de hackear autoridades
Juiz autoriza réu da Lama Asfáltica a terminar de cumprir pena em SP
Doleiro Dario Messer já está na Polícia Federal no Rio
Moro defende isolamento de líderes de organizações criminosas
Entenda as bases legais e as polêmicas jurídicas da Operação Spoofing
Juiz prorroga prisão de acusados de hackear celulares de autoridades
Mãe será indenizada por erro médico que causou a morte da filha
HC não pode ser usado como terceira apelação em matéria de Juizado
Pesquisa Google
Pesquisa Google
Previsão do tempo
Publicidade
<
Copyright 2006 - 2019 JDCNotíciasMS. Todos os direitos reservados. Permitida a reprodução desde que citada a fonte.