Um site a serviço do Estado - Ano VII - Campo Grande - Mato Grosso do Sul
Canais: 
Busca rápida
Cadernos
CAPA
CLÍNICAS MÉDICAS
COMPRAS - PEDRO JUAN - PARAGUAY
ARTIGOS
SAIBA AONDE SABOREAR AS DELÍCIAS DA CAPITAL
POLÍTICA
CONSTRUÇÃO CIVIL NA CAPITAL
NOTÍCIAS/INTERNET/TEC
MUNDO
TELEFONES ÚTEIS
HISTÓRIA DA PIZZA
GUIA DO COMÉRCIO DE CAMPO GRANDE
BRASIL
NOTICIAS
POLICIA
FALE CONOSCO
MENSALÃO
ESPORTE NEWS
MOMENTO DE REFLEXÃO
SALMO 23 - 25
NOTA ZERO
NOTA 10
SAÚDE
GUIA DO COMÉRCIO DE CAMPO GRANDE
HOTELARIA
JUSTIÇA
ECONOMIA
HORA DO RISO/PIADAS
TRAGÉDIA
FISCALIZAÇÃO PMR
EDUCAÇÃO
OPERAÇÃO LAVA JATO
OPERAÇÃO NOTA ZERO
Publicidade
Publicações
14/05/2019 11:16
MP que reestrutura governo será votada na semana que vem, diz Planalto
Brasil

Agência Brasil
Por Pedro Rafael Vilela - Repórter da Agência Brasil  Brasília

O porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, fala à imprensa.
Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Porta-voz do governo negou especulações sobre exoneração de ministro

O Palácio do Planalto informou ontem (13) que a Medida Provisória nº 870, que definiu a estrutura de governo na gestão Bolsonaro, será votada na semana que vem na Câmara dos Deputados, após o retorno do presidente da Casa, Rodrigo Maia, que viaja aos Estados Unidos esta semana. Os parlamentares vão analisar se mantém mudanças feitas na MP pela comissão especial, como a que retira o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do Ministério da Justiça e Segurança Pública para transferi-lo ao Ministério da Economia. Depois, a MP ainda precisa passar pelo Senado.

"Segundo a Casa Civil, há tempo hábil para a votação das MPs, em especial a Medida Provisória 870, antes de perderem sua validade. O ministro da Casa Civil já fez tratativas com os presidentes da Câmara e do Senado, que asseguraram que as MPs entrarão na pauta já na próxima semana", disse o porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, durante coletiva de imprensa. A medida tem validade até dia 3 de junho e, se não for aprovada antes desse prazo, o governo voltará a ter a mesma estrutura do ano passado, com 29 ministérios.    

Exoneração

O porta-voz da Presidência da República refutou especulações sobre eventual exoneração do ministro Santos Cruz (Secretaria de Governo). "A nomeação e exoneração de qualquer ministro é uma atribuição do senhor Presidente da República. Esse assunto não está na pauta neste momento", disse Rêgo Barros. Em seguida, o porta-voz classificou como "não verdadeiras" as informações sobre o assunto divulgadas na imprensa.

O Planalto também informou que o presidente Jair Bolsonaro "está propenso" a gravar um vídeo para argumentar a favor do decreto que ampliou o porte, a posse e o comércio de armas de munições no país. O pronunciamento, se confirmado, será veiculado apenas pelas redes sociais. 

O decreto tem sido alvo de controvérsia desde que foi assinado, na semana passada. Pareceres técnicos da Câmara dos Deputados e do Senado Federal sugerem inconstitucionalidades em alguns pontos da medida. Uma ação contra o decreto foi protocolada pelo partido Rede Sustentabilidade no Supremo Tribunal Federal (STF) e a ministra Rosa Weber, relatora do processo, pediu esclarecimentos do governo federal sobre a medida. 

Edição: Fábio Massalli

Veja também:
Maia anuncia rompimento com líder do governo na Câmara
Bolsonaro preside hoje reunião de ministros no Palácio da Alvorada
Firjan diz que reforma vai estimular R$ 1,4 trilhão em investimentos
Governo não acredita em mudança de texto da Reforma da Previdencia
Bolsonaro divulga texto sobre Brasil 'ingovernável' fora de conchavos
Congresso Nacional gasta R$ 10,8 bilhões por ano
Estudantes têm até hoje para se inscrever no Enem 2019
Presidente do BC reforça expectativa de retomada do crescimento
Mourão diz que governo não soube comunicar bloqueio no orçamento
"Temos que respeitar a vontade popular", diz Bolsonaro sobre armas
Guedes defende capitalização ao encerrar audiência pública
Bolsonaro discute pacto federativo com governadores e senadores
Comissão deve concluir audiências sobre reforma da Previdência em maio
Bolsonaro rejeita regulamentação da mídia no Brasil
Postos de saúde abrem hoje para Dia D de vacinação contra gripe
Previdência: técnicos do governo vão tirar dúvidas de parlamentares
Bolsonaro destaca MP para abertura de negócios em pronunciamento
Bolsonaro diz que não quer atrapalhar quem produz
Governo pode economizar R$ 18 milhões com corte de jornais e revistas
Após mal-entendido na imprensa, Bolsonaro vai visitar menina Yasmin
Previdência: saem nomes do presidente e relator da comissão especial
Proposta da reforma da Previdência é aprovado na CCJ
Bolsonaro deve escolher ministros do TSE a partir de lista tríplice
Bolsonaro condena ataques no Sri Lanka
Moraes revoga decisão que mandou site retirar notícia do ar
PRF faz operação especial nas rodovias para feriado de Semana Santa
Bolsonaro: "Exército respira e transpira democracia e liberdade"
Dodge arquiva inquérito para apurar ofensas a ministros do STF
Número de mortos no desabamento de prédios no Rio chega a 15
CCJ se reúne hoje para debater parecer da Previdência
Bolsonaro confirma convocação de mil policiais federais
Sobe para sete número de mortos em desabamento de prédios no Rio
Sobe para três o número de mortos no desabamento em Muzema
Desabamento no Rio deixou pelo menos dois mortos e cinco feridos
Em 100 dias, Bolsonaro faz balanço de metas cumpridas e em andamento
Bolsonaro janta hoje com embaixadores de países muçulmanos
Três corpos são achados em táxi; sobe para 7 nº de mortos no RJ
Bolsonaro retoma conversas com partidos nesta terça-feira
Bolsonaro anuncia saída de Vélez e nome de novo ministro da Educação
Senado instala quarta-feira comissão que acompanhará previdência
Bolsonaro anuncia 13º do Bolsa Família na semana que vem
ACM Neto defende urgência na aprovação da reforma da Previdência
PSDB e PSD declaram apoio à reforma da Previdência
Bolsonaro se reúne hoje com lideranças de seis partidos
Proposta para a Previdência pretende retirar privilégios, diz Guedes
“Vamos jogar pesado na [reforma da] Previdência”, diz Bolsonaro
Ministro da Economia debate reforma da Previdência na CCJ da Câmara
Bolsonaro confirma estudo para reduzir imposto de empresas
Pedido de isenção da inscrição do Enem começa nesta segunda-feira
Visita de Bolsonaro a Israel marca período de lua de mel entre países
Bolsonaro diz que governo vai criar cartão-caminhoneiro
Moro e Maia se reúnem para discutir tramitação de projeto
Paulo Guedes vai à Câmara para debater reforma da Previdência
Justiça manda soltar ex-presidente Michel Temer
Bolsonaro participa de assinaturas de contratos no setor elétrico
Bolsonaro diz que fim de visto para turistas beneficiará economia
Bolsonaro diz que Brasil não tem intenção de intervir na Venezuela
Michel Temer ficará preso na Superintendência da PF no Rio
Ministros do STF mostram cautela sobre a prisão de Temer
Moro pede ao Congresso que se debruce em pacote anticrime
Bolsonaro faz reunião para analisar proposta de reforma dos militares
Mourão: reforma da Previdência criará confiança de que o país precisa
Mourão: expectativa é aprovar reforma da Previdência este semestre
Moro: Justiça Eleitoral não tem estrutura para julgar crimes complexos
STF decide que Justiça Eleitoral pode julgar corrupção da Lava Jato
Otto e Tasso vão comandar debate da reforma da Previdência no Senado
Tiroteio em escola deixa pelo menos oito mortos na Grande São Paulo
Chega a 12 o número de mortos por causa de forte chuva em SP
Governo intensifica campanha de esclarecimento sobre Previdência
Dia Internacional da Mulher tem marchas por todo o país
Guedes e Moro são aguardados no Senado na semana que vem
Bolsonaro defende reformas para impulsionar economia
Sete escolas desfilam hoje no sambódromo do Rio de Janeiro
Fachin envia pedido de anulação da delação da J&F ao plenário do STF
Um mês de Brumadinho: moradores não sabem como recomeçar a vida
Proposta de reforma da Previdência chega à CCJ da Câmara
Fachin nega mais um HC de Lula no caso do tríplex
Pesquisa Google
Pesquisa Google
Previsão do tempo
Publicidade
<
Copyright 2006 - 2019 JDCNotíciasMS. Todos os direitos reservados. Permitida a reprodução desde que citada a fonte.