Um site a serviço do Estado - Ano VII - Campo Grande - Mato Grosso do Sul
Canais: 
Busca rápida
Cadernos
CAPA
CLÍNICAS MÉDICAS
COMPRAS - PEDRO JUAN - PARAGUAY
ARTIGOS
SAIBA AONDE SABOREAR AS DELÍCIAS DA CAPITAL
POLÍTICA
CONSTRUÇÃO CIVIL NA CAPITAL
NOTÍCIAS/INTERNET/TEC
MUNDO
TELEFONES ÚTEIS
HISTÓRIA DA PIZZA
GUIA DO COMÉRCIO DE CAMPO GRANDE
BRASIL
NOTICIAS
POLICIA
FALE CONOSCO
MENSALÃO
ESPORTE NEWS
MOMENTO DE REFLEXÃO
SALMO 23 - 25
NOTA ZERO
NOTA 10
SAÚDE
GUIA DO COMÉRCIO DE CAMPO GRANDE
RIO DE JANEIRO
HOTELARIA
JUSTIÇA
ECONOMIA
HORA DO RISO/PIADAS
TRAGÉDIA
FISCALIZAÇÃO PMR
EDUCAÇÃO
OPERAÇÃO LAVA JATO
OPERAÇÃO NOTA ZERO
LAMA ASFÁLTICA
GAECO
SEGURANÇA PÚBLICA
POLÍCIA FEDERAL
OPERAÇÃO RIQUIXÁ
GGIFRON
Publicidade
Publicações
18/05/2019 10:46
Palmeiras, de Felipão, e Santos, de Sampaoli, duelam pela liderança do Brasileiro
Esporte News

Estadão por Agência Estado

O Pacaembu será neste sábado, às 19 horas, o local do quinto confronto direto entre os dois únicos técnicos em atividade no futebol brasileiro que trabalharam em Copas do Mundo e dirigiram times europeus. Luiz Felipe Scolari, do Palmeiras, e Jorge Sampaoli, do Santos, travam batalha tática particular no duelo direto entre o líder e o segundo colocado do Campeonato Brasileiro.
Os dois clubes têm dez pontos na tabela e estão empatados com o São Paulo na primeira posição. Os três paulistas são os únicos invictos no torneio, mas o Palmeiras está na frente por ter um saldo de gols melhor.

Felipão e Sampaoli conhecem bem o trabalho um do outro e têm respeito mútuo, pois sabem o quanto o rival é competente e costuma dar trabalho. Os quatro confrontos anteriores entre os dois foram apertados, com uma vitória para o técnico gaúcho e três empates.

A dupla se encontrou pela primeira vez em 2013, quando eles dirigiam as seleções de Brasil e Chile. Em abril daquele ano, no Mineirão, o amistoso terminou empatado por 2 a 2. Meses depois, em novembro, um novo encontro amistoso foi realizado no Canadá. Desta vez, a seleção brasileira ganhou por 2 a 1.

O encontro mais épico entre os dois treinadores ocorreu em junho de 2014. Nas oitavas de final da Copa do Mundo, também no Mineirão, Brasil e Chile ficaram no 1 a 1, em um jogo muito duro para a seleção da casa. Nos pênaltis, os comandados de Felipão ganharam por 3 a 2 e seguiram no torneio. Sampaoli esteve perto de fazer história, pois o atacante Pinilla acertou o travessão em chute firme no fim da prorrogação.

Aquela partida foi a única da Copa em que a seleção brasileira teve posse de bola inferior à do adversário. O Chile dirigido por Sampaoli tinha algumas características em comum como o Santos atual: futebol em velocidade e proposta ofensiva.

Os dois treinadores se reencontraram em fevereiro deste ano, em clássico pelo Campeonato Paulista no Allianz Parque. O Palmeiras era favorito, uma vez que jogava com o time titular. O Santos escalou reservas, pois preservou os principais jogadores para uma partida pela Copa Sul-Americana que ocorreria três dias depois.

Curiosamente, Sampaoli abriu mão do jogo ofensivo e escalou o Santos com uma formação mais precavida. Os reservas do time da Vila Belmiro seguraram o ímpeto dos palmeirenses. O jogo terminou empatado sem gols.


Enquanto o argentino Sampaoli arma a equipe com estilo ofensivo e tem apreciado ao máximo a nova vida no Brasil, Felipão prefere trabalhar com uma proposta diferente, mas conhecida e eficiente. O técnico campeão brasileiro gosta de montar defesas sólidas, defende o estilo pragmático de futebol de resultados e é discreto na vida pessoal. Já o colega de profissão, virou atração em Santos por jogar futevôlei na praia e andar de bicicleta pela cidade.

As duas diferentes filosofias de pensar o futebol chamam a atenção até mesmo dos jogadores dos dois times. "São dois estilos totalmente distintos de jogo. A gente preza pelo equilíbrio, tanto ofensivo quanto defensivo, e o Santos já tem por característica ser mais ofensivo. Vai ser bem estudado, um jogo interessante, que rende discussão. Os estilos têm dado resultados", diz o meia Moisés.

O zagueiro santista Lucas Veríssimo afirmou que, pelo fato de as equipes adotarem estilos diferentes, a partida deve ser interessante para o público. "Clássico é clássico. A tensão é até para o torcedor. Vai ser um grande jogo. Cada um vai dar o seu melhor, independentemente de tática e maneira de atuar."

O Palmeiras não poderá contar com o meia Gustavo Scarpa. O jogador ainda se recupera de lesão na perna direita. O time deve ser o mesmo do último domingo, quando bateu o Atlético-MG por 2 a 0, fora de casa.

O Santos encara o desafio de estar mais desgastado. O time teve compromisso no meio de semana pela Copa do Brasil - empate por 0 a 0 com o Atlético-MG - e o técnico vai escalar quem estiver mais descansado.

Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Fonte: Do R7 Esportes

Veja também:
Quem são os 'parças' de Neymar que receberiam R$ 50 mil por mês
Condenado por estupro, Robinho desfalca o Istanbul por temer prisão
Athletico-PR derrota Inter por 2 a 1 e conquista Copa do Brasil
20% dos brasileiros torcem para o Flamengo, corintianos são 14%
Daniel Alves responde a jornalista após empate com CSA: 'Nunca jogou'
Em duelo de poucas chances, Bahia e Fortaleza apenas empatam
Com três gols no primeiro tempo, Grêmio vence Goiás na Arena
Fluminense vence Corinthians com direito a falha de Cássio em Brasília
Espanha ganha campeonato mundial de basquete
Com golaço de Gabigol, Flamengo vence Santos e leva primeiro turno
Neymar supera clima hostil, marca golaço nos acréscimos e garante vitória do PSG
Saiba quem é o responsável pelo tratamento de Schumacher em Paris
Athletico-PR vence Inter e sai em vantagem na final da Copa do Brasil
Palmeiras goleia Fluminense e segue em terceiro no Brasileirão
Derrota para o Bahia freia expectativa do Vasco no Brasileirão
F1 – Hamilton parabeniza Leclerc pela vitória
'Não foi calculado', admite autor de golaço olímpico contra Corinthians
Sebastian Vettel domina o terceiro treino livre do GP da Itália, em Monza
Andrada, o goleiro que levou o milésimo gol de Pelé morre aos 80 anos
Guerrero brilha, Inter volta a bater Cruzeiro e fará final com o Athletico
Organizada do Palmeiras faz protesto na porta da casa do diretor Alexandre Mattos
Seleção feminina é vice em Torneio Internacional de Futebol
Campeonato Brasileiro: Internacional vence Botafogo por 3 x 2
Gustagol decide no fim, Corinthians vence Galo e entra no G-4
Daniel Alves diz que está em 'pré-temporada' no São Paulo jogando em alto nível
Confira a programação dos eventos de Esporte e Lazer com apoio da Fundesporte
Brasil acredita em recorde na reta final dos Jogos Parapan-Americanos
Corinthians empata com Flu por 1 a 1 e vai à semi da Sul-Americana
Corinthians busca vaga inédita para as semifinais da Sul-Americana
Nem Messi, nem CR7, Van Dijk é eleito melhor jogador da Europa
Em Lima, brasileira vai em busca de desafio maior que ganhar medalha
Internacional e Flamengo decidem vaga na semifinal da Libertadores
Botafogo empata com Chapecoense sem gols
Palmeiras recebe Grêmio por vaga nas semifinais
Neymar: reunião entre Barça e PSG não tem acordo, mas é positiva
Acorp-MS e Fartlek são as equipes campeãs da corrida do facho 2019
A Portuguesa definha em praça pública. Rebaixamento foi mortal
Após abrir 3 a 0, Santos tropeça em casa e empata com Fortaleza
Do São Paulo para seleção de Marta: Vitória Yaya vive momento especial
Caio Castro capota carro na abertura do Rally dos Sertões; Confira Vídeo
PSG recusa pacote oferecido pelo Real Madrid para contratar Neymar
Corinthians e Fluminense jogam em situações opostas na Sul-Americana
Bruno Henrique faz dois e Flamengo vence o Inter pela Libertadores
Sertões: Campo Grande e Costa Rica recebem o maior rally das Américas e segundo maior do mundo
Dudu comemora vantagem, mas lembra: 'Não tem nada decidido'
Carille dá pistas sobre escalação do Corinthians para encarar o Flu
Sem dinheiro, Barcelona propõe ter Neymar agora e pagar só em 2020
Palmeiras volta a campo em Porto Alegre e causa ‘déjà vu’ na torcida
Na estreia de Rogério Ceni, Cruzeiro vence Santos e deixa o Z4
Tite anuncia lista da seleção com Neymar e algumas novidades
Brasil confirma melhor campanha em Jogos Pan-Americanos
Eduardo Yudy é ouro para o Brasil na categoria até 81 kg do judô
Brasil fatura ouro e bate recorde no revezamento 4x200 metros livre
Com mudanças na pista, autódromo está pronto para Stok Car no fim de semana
Após críticas, Messi é suspenso de jogos internacionais por três meses
Medalha de ouro histórica no surfe é retrato da força da mulher
Pan: Brasil conquista duas pratas no boxe
Em dia de muitas medalhas no Pan, taekwondo brasileiro faz história
Quarteto brasileiro leva ouro no revezamento misto no triatlo
Isaquias consegue mais um ouro para o Brasil. Vagner Souta é bronze
Brasil conquista três medalhas em domingo de disputas no Pan
Jaqueline Mourão conquista o bronze no mountain bike
Brasileira conquista medalha de bronze no mountain bike
Palmeiras sai atrás, mas empata com pênalti auxiliado pelo VAR
F1 – Doente, Hamilton quase foi substituído por Ocon
Primeira medalha do Brasil no Pan-Americano de Lima sai este sábado
Juarez Soares, grande nome do jornalismo esportivo, morre aos 78
Torcedora foi agredida após clássico entre Grêmio e Internacional
Jon Jones é acusado de assédio e estrangulamento em garçonete
Corinthians e Flamengo empatam jogo em que VAR chamou atenção
Com gol de Marinho, Santos vence Botafogo e encosta no líder
Felipão vê nervosismo exagerado de jogadores do Palmeiras em derrota para o Ceará
Nathalie conquista primeiro ouro para a esgrima brasileira
Corinthians deve repetir escalação pela segunda vez neste Brasileiro
Cuca mantém projeto no São Paulo e analisa jogadores campeões da Copa SP
Barça oferece Coutinho, Dembélé e 40 mi euros por Neymar, diz jornal
Griezmann no Barcelona. Neymar nunca esteve tão inseguro
F1 – Hamilton comanda mais uma dobradinha da Mercedes na Inglaterra
F1 – Vettel não quer GP “extravagante” em Londres
F1 – Bottas supera Hamilton e faz a pole em Silverstone
Pesquisa Google
Pesquisa Google
Previsão do tempo
Publicidade
<
Copyright 2006 - 2019 JDCNotíciasMS. Todos os direitos reservados. Permitida a reprodução desde que citada a fonte.