Um site a serviço do Estado - Ano VII - Campo Grande - Mato Grosso do Sul
Canais: 
Busca rápida
Cadernos
CAPA
CLÍNICAS MÉDICAS
COMPRAS - PEDRO JUAN - PARAGUAY
ARTIGOS
SAIBA AONDE SABOREAR AS DELÍCIAS DA CAPITAL
POLÍTICA
CONSTRUÇÃO CIVIL NA CAPITAL
NOTÍCIAS/INTERNET/TEC
MUNDO
TELEFONES ÚTEIS
HISTÓRIA DA PIZZA
GUIA DO COMÉRCIO DE CAMPO GRANDE
BRASIL
NOTICIAS
POLICIA
FALE CONOSCO
MENSALÃO
ESPORTE NEWS
MOMENTO DE REFLEXÃO
SALMO 23 - 25
NOTA ZERO
NOTA 10
SAÚDE
GUIA DO COMÉRCIO DE CAMPO GRANDE
RIO DE JANEIRO
HOTELARIA
JUSTIÇA
ECONOMIA
HORA DO RISO/PIADAS
TRAGÉDIA
FISCALIZAÇÃO PMR
EDUCAÇÃO
OPERAÇÃO LAVA JATO
OPERAÇÃO NOTA ZERO
LAMA ASFÁLTICA
GAECO
SEGURANÇA PÚBLICA
POLÍCIA FEDERAL
OPERAÇÃO RIQUIXÁ
GGIFRON
Publicidade
Publicações
11/06/2019 10:28
Governadores buscam "consenso mínimo" para reforma da Previdência
Brasil

Agência Brasil
Por Pedro Peduzzi - Repórter da Agência Brasil  Brasília

Reunião de governadores, reforma da previdência

Foto: Paulo H Carvalho/Agência Brasilia

Fórum está reunido em Brasília, em seu quinto encontro

Chefes de governos estaduais participam hoje (11) em Brasília da 5ª Reunião do Fórum de Governadores. Eles buscam encontrar um consenso mínimo visando a uma proposta de reforma previdenciária em melhores condições de ser aprovada pelo Legislativo. Também participam do encontro o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, o presidente da Comissão Especial da Reforma da Previdência, Marcelo Ramos, e o relator do projeto, Samuel Moreira

Ao chegar, Eduardo Leite, do Rio Grande do Sul, reforçou que a reunião pretende consolidar um "consenso mínimo" para a reforma da Previdência. “Estamos buscando criar um ambiente político que dê sustentação para que os deputados se sintam confortáveis [para votar] e para conscientizar a população de que a reforma é importante”

Segundo ele, a reforma dará “sinal claro” para que investimentos sejam feitos no país. “Estados e municípios têm de estar dentro porque, caso contrário, será uma meia reforma. E uma meia reforma injetará apenas meio entusiasmo nos investidores”

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, defendeu as mesmas regras para servidores federais, estaduais e municipais. "As regras devem ser as mesmas porque as condições de trabalho dos servidores são parecidas em todos os lugares”.

Carta

O encontro ocorre após a divulgação antecipada de uma carta pública, no dia 6, que desagradou a alguns governadores da Região Nordeste – o que resultou na divulgação de outra carta, no mesmo dia, assinada por todos os governadores nordestinos.

Sobre a insatisfação de alguns governadores com a carta, Eduardo Leite disse que “fazer a governança de governadores não é algo simples porque todos tem a mesma governança hierárquica”, e que os chefes dos governos estaduais não mandam nos votos dos deputados. “Mas podemos dar respaldo com posicionamentos claros e efetivos”, acrescentou.

A primeira carta, assinada por sete dos nove governadores da região, ressaltava a importância de os estados serem garantidos no texto por causa do déficit nos regimes de aposentadoria e pensão de seus servidores. Já a segunda carta acrescentava pontos específico, que querem ver retirados da proposta inicial, como as mudanças no Benefício de Prestação Continua (BPC) e nas aposentadorias rurais. Eles questionaram também a desconstitucionalização da Previdência e o sistema de capitalização, no qual se baseia o regime futuro de Previdência.

Pauta

A pauta, previamente distribuída, do encontro em Brasília é extensa: prevê discussões em torno de temas que afetam diretamente o caixa dos governadores. Entre os temas estão o chamado de Plano Mansueto - pacote de ajuda aos estados em dificuldades financeiras - a Lei Kandir, Cessão Onerosa/ Bônus de Assinatura além da PEC 51/19, que trata da ampliação do Fundo de Participação dos Estados (FPE) no Orçamento da União e do Novo Marco Legal do Saneamento Básico.

Embora o déficit previdenciário dos estados ultrapasse os R$ 90 bilhões por ano, líderes da Câmara resistem em aprovar regras mais duras para aposentadorias de servidores estaduais e municipais. No Congresso, a avaliação dos que resistem à ideia é de que governadores e prefeitos não podem transferir para deputados e senadores o desgaste político de medidas impopulares nos órgãos legislativos.

Os municípios também querem garantir que serão mantidos no texto da reforma da Previdência. Na semana passada, o presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Glademir Aroldi, levou ao presidente e ao relator da comissão especial da reforma, respectivamente Marcelo Ramos (PL-AM) e Samuel Moreira (PSDB-SP), um documento assinado pelos presidentes das entidades estaduais que destaca a importância de estabelecer um modelo previdenciário sustentável para a atual e as futuras gerações.

O documento estima uma redução de despesas de R$ 41 bilhões em quatro anos e R$ 170 bilhões em dez anos com aposentadorias e pensões para os 2.108 municípios com Regime Próprio de Previdência Social (RPPS). Levantamento feito pela entidade mostra que a redução de custos possível, caso haja a reforma, poderá motivar os demais municípios a adotarem o RPPS. Se os municípios criarem um regime próprio, a CNM estima redução média nas taxas de contribuição de 55% – referentes à alíquota patronal para o RGPS e ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Mesmo para os que se mantiverem no Regime Geral de Previdência Social, a PEC traz ganhos, ao obrigar a desvinculação do servidor aposentado de suas funções na prefeitura. 

Edição: Graça Adjuto

Veja também:
Bolsonaro sanciona MP da Liberdade Econômica
Não há risco de Bolsonaro cancelar viagem aos EUA, diz ministro
Sobe para 14 número de mortes em incêndio no Hospital Badim
Morre 13ª vítima de incêndio em hospital no Rio
Mourão se reúne com empresários brasileiros e alemães em Natal
Bolsonaro lista no Twitter medidas recentes do governo
Médico de Bolsonaro fará esta noite avaliação da alimentação
Incêndio em hospital no Rio deixa pelo menos dez mortos
Bolsonaro tem melhora e deve reassumir Presidência amanhã
Bolsonaro faz caminhada pelo corredor do hospital
Mourão diz que guerra econômica entre China e EUA afeta o Brasil
Cirurgia para correção de hérnia de Bolsonaro foi bem-sucedida
Bolsonaro passa por nova cirurgia, para correção de hérnia
Analfabetismo resiste no Brasil e no mundo do século 21
Presidente e ministros acompanham desfile cívico militar em Brasília
Para estimular economia, começa nesta sexta a Semana do Brasil
Procuradores da Lava Jato na PGR deixam operação
Bolsonaro vai se licenciar por três dias do cargo para cirurgia
Senado já tem mais de 300 emendas ao texto da reforma da Previdência
Bolsonaro: "vou comparecer à ONU nem que seja de cadeira de rodas"
Bolsonaro lamenta derrubada de veto a pena mais dura para fake news
Mourão diz que objetivo principal do governo é a reforma tributária
Bolsonaro diz que vai vetar trechos da Lei de Abuso de Autoridade
Decisão do STF pode anular condenações da Lava Jato, diz força-tarefa
Bolsonaro se reúne com governadores da Amazônia Legal
Situação na Amazônia não está fora de controle, diz ministro da Defesa
Bolsonaro diz que incêndios não podem gerar sanções ao Brasil
Bolsonaro alerta para guerra da informação
Amazônia brasileira está segura, diz Mourão
Itamaraty usa dados da era Lula para defender Brasil de críticas sobre desmatamento
Alcolumbre pede agilidade para aprovação de novo pacto federativo
Moro: governo está atento a projetos que cerceiem atividade policial
Caixa e BB iniciam pagamento de cotas do PIS/Pasep
Bolsonaro avalia indicações para PGR
Bolsonaro diz que Brasil vai vencer a crise econômica mundial
Brasil deixa Mercosul, caso Argentina "crie problema", diz Bolsonaro
Bolsonaro participa de evento de promoção de generais do Exército
Câmara rejeita todos destaques e aprova reforma da Previdência
Câmara aprova texto-base da reforma da Previdência por 370 votos a 124
Votação da reforma da Previdência em segundo turno deve começar hoje
Bolsonaro lamenta atentados nos Estados Unidos
Governo reduz a zero alíquota sobre diversos bens de capital
Contrato de concessão da Ferrovia Norte-Sul é assinado em Anápolis
Bolsonaro: "pretendo respeitar a Lei da Anistia"
Bolsonaro a líder da OAB: 'posso contar como o pai dele desapareceu'
Bolsonaro fala em 'cana' para jornalista Glenn Greenwald
Bolsonaro: decisão de saques do FGTS foi tomada em interesse do povo
Ministério diz que celular de Bolsonaro foi alvo de ataque hacker
'Somos todos paraíbas', diz Bolsonaro em inauguração na Bahia
Bolsonaro critica ausência de PM em inauguração de aeroporto na Bahia
Ministro pede que ANTT suspenda novas regras para frete mínimo
Bolsonaro afirma que não vai propor fim da multa de 40% do FGTS
Raquel Dodge se reúne com procuradores da Lava Jato
Bolsonaro participa de reunião do Conselho de Governo
"Brasil precisa de quimioterapia para que não pereça", diz Bolsonaro
Bolsonaro cogita indicar filho para ser embaixador nos EUA
Emocionado, Maia agradece votação expressiva na reforma da Previdência
Bancada da bala faz acordo para regras de policiais e Maia critica
Bolsonaro diz que indicará evangélico para Supremo Tribunal Federal
Procon Estadual autua supermercado por venda de produtos impróprios ao consumo
Moro vai tirar licença 'para tratar de assuntos particulares'
Câmara deve iniciar na 3ªfeira discussão sobre reforma da Previdência
Bolsonaro diz que governo fez sua parte na reforma da Previdência
Confira principais pontos do texto-base da reforma da Previdência
Comissão abre sessão para tentar votar texto da Previdência
Senado torna mais rígidas regras para fraudes em fundos de pensão
Leitura do parecer complementar da Previdência está marcada para hoje
Bolsonaro diz que leis em excesso "amarram" ações do governo
Ministro determina que senador condenado se apresente todo mês ao STF
Desinformação sobre execução de penas é inaceitável, diz Toffoli
Bolsonaro lamenta fim da validade de MP que veda desconto sindical
Ministro Heleno: prisão de militar é "desagradável" em momento do G20
Bolsonaro viaja hoje para o Japão onde participará do G20
Bolsonaro diz que Legislativo quer deixá-lo como rainha da Inglaterra
Sergio Moro 'é patrimônio nacional', reafirma presidente Bolsonaro
Moro: "Não tenho apego ao cargo, se houver irregularidades, eu saio"
Pesquisa Google
Pesquisa Google
Previsão do tempo
Publicidade
<
Copyright 2006 - 2019 JDCNotíciasMS. Todos os direitos reservados. Permitida a reprodução desde que citada a fonte.