Um site a serviço do Estado - Ano VII - Campo Grande - Mato Grosso do Sul
Canais: 
Busca rápida
Cadernos
CAPA
CLÍNICAS MÉDICAS
COMPRAS - PEDRO JUAN - PARAGUAY
ARTIGOS
SAIBA AONDE SABOREAR AS DELÍCIAS DA CAPITAL
POLÍTICA
CONSTRUÇÃO CIVIL NA CAPITAL
NOTÍCIAS/INTERNET/TEC
MUNDO
TELEFONES ÚTEIS
HISTÓRIA DA PIZZA
GUIA DO COMÉRCIO DE CAMPO GRANDE
BRASIL
NOTICIAS
POLICIA
FALE CONOSCO
MENSALÃO
ESPORTE NEWS
MOMENTO DE REFLEXÃO
SALMO 23 - 25
NOTA ZERO
NOTA 10
SAÚDE
GUIA DO COMÉRCIO DE CAMPO GRANDE
RIO DE JANEIRO
HOTELARIA
JUSTIÇA
ECONOMIA
HORA DO RISO/PIADAS
TRAGÉDIA
FISCALIZAÇÃO PMR
EDUCAÇÃO
OPERAÇÃO LAVA JATO
OPERAÇÃO NOTA ZERO
LAMA ASFÁLTICA
GAECO
SEGURANÇA PÚBLICA
POLÍCIA FEDERAL
OPERAÇÃO RIQUIXÁ
GGIFRON
Publicidade
Publicações
11/08/2019 21:56
Brasil confirma melhor campanha em Jogos Pan-Americanos
Esporte News

Agência Brasil
Por Marcelo Brandão - repórter da Agência Brasil  Brasília

Seleção brasileira feminina de basquete conquista medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima
Seleção brasileira feminina de basquete conquista medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima Pedro Ramos/ rededoesporte.gov.br

Brasil conquistou 171 medalhas sendo 55 de ouro

Na edição 2019 dos Jogos Pan-Americanos, realizados de Lima, no Peru, a equipe brasileira confirmou a melhor atuação do país em Jogos Pan-Americanos. O Time Brasil conquistou 171 medalhas e garantiu o país no 2º lugar do quadro geral de medalhas, com 55 de ouro, 45 de prata e 71 de bronze.

A medalha de ouro de Guilherme Costa nos 1.500m da natação, foi a marca para o país chegar a 53 ouros em Lima e superar sua melhor campanha em Jogos Pan-Americanos na história, ocorrida no Rio 2007, com 52 ouros.

Foram 19 dias de jogos Pan-Americanos. Nesse tempo, o Brasil mostrou dominância em algumas modalidades, surpreendeu em outras e também viu medalhas que pareciam quase certas escaparem. Superação e aprendizado caminham juntos em qualquer competição esportiva. Da frustração do ginasta Arthur Zanetti, prata nas argolas, a ouros inéditos no badminton, boxe feminino e taekwondo feminino, o Brasil escreveu sua história em Lima.


Agência Brasil

Ver imagem no Twitter
@agenciabrasil
 
 🥇 #PanNaEBC: Chave de ouro: o Brasil fechou os Jogos Pan-Americanos de #Lima2019 com recorde de medalhas na competição, atrás apenas dos Estados Unidos. Foram 55 ouros, 45 pratas e 71 bronzes, totalizando 171 conquistas. Valeu, Brasil, nos vemos em Tóquio! @Lima2019Juegos

Ver imagem no Twitter
48
19:05 - 11 de ago de 2019
Informações e privacidade no Twitter Ads
Veja outros Tweets de Agência Brasil
Confira alguns destaques do Brasil nesta edição dos jogos:

Favoritismo confirmado
Um desempenho histórico não seria possível sem que os favoritos fizessem o que se esperava deles. E muitos nomes considerados hegemônicos confirmaram as previsões e fizeram o hino nacional brasileiro tocar várias vezes em Lima.

Um deles foi Fernando Reis. Ele conquistou o tri pan-americano no levantamento de peso com uma performance impecável. Ele somou 420 quilos levantados, somando o arranco e o arremesso, e garantiu com folga a medalha de ouro. Muito superior aos seus adversários, ele levantou 21 quilos a mais que o segundo colocado, o cubano Luis Manuel Lauret, com 399 quilos.

Fernando Reis conquista medalha de ouro nos Jogos Pan-Americano de Lima 2019
Fernando Reis conquista medalha de ouro nos Jogos Pan-Americano de Lima 2019 - Pedro Ramos/ rededoesporte.gov.br

O time de handebol feminino também manteve seu posto de imbatível nas Américas. A vitória na final sobre a Argentina não veio fácil. As adversárias foram mais eficientes e concentradas no primeiro tempo, mas viram a seleção brasileira corrigir os erros na segunda metade da partida e vencer por 30 a 21. Além de faturar o ouro e o hexacampeonato no handebol, as brasileiras asseguraram presença nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020.

Brasil 31 x 20 Argentina. Final do handebol feminino dos Jogos Pan-Americanos Lima 2019
Brasil 31 x 20 Argentina. Final do handebol feminino dos Jogos Pan-Americanos Lima 2019 - Abelardo Mendes Jr/ rededoesporte.gov.br

Um dos principais nomes do Time Brasil na atualidade, o baiano Isaquias Queiroz venceu na prova de C1 10000. Essa foi a quarta medalha de Isaquias em jogos Pan-Americanos. Ele também participou da final da prova de duplas C2, mas seu parceiro, Erlon Souza, passou mal e eles não completaram o percurso.

Isaquias Queiroz, Regata, Remo, Panamericano, Perú
Isaquias Queiroz, Regata, Remo, Panamericano, Perú - Pedro Ramos/ rededoesporte.gov.br.

Um dos carros-chefe de medalhas, tanto em jogos Olímpicos como em jogos Pan-Americanos, o judô brasileiro brilhou mais uma vez. Mayra Aguiar e Rafaela Silva, medalhistas no Rio, em 2016, não tiveram grandes dificuldades para botar mais dois ouros na conta do Brasil.

Natação

Uma das modalidades mais generosas para o Brasil nos jogos Pan-Americanos, a natação voltou a brilhar. Foram 30 medalhas, sendo dez ouros, nove pratas e 11 bronzes. Dentre os triunfos, estão os ouros de Guilherme Costa nos 1.500 metros, Etiene Medeiros nos 50 metros livre, Bruno Fratus também nos 50 metros livre e do revezamento masculino 4x200 livre, com Luiz Altamir, Fernando Scheffer, João de Lucca e Breno Correia.

A natação brasileira também conquistou prata nos 4x100 medley masculino, com João Gomes Jr., Guilherme Guido, Vinícius Lanza e Marcelo Chierighini. “A gente conseguiu ajudar muito o Brasil no quadro geral de medalhas. A gente vem cansado do mundial, em que foi bem forte e cansativo para todo o grupo. Chegamos aqui de coração aberto para lutar por um resultado expressivo”, disse João ao site Rede do Esporte, do governo federal.

O quarteto feminino dos 4x100 medley também subiu ao pódio, com Etiene Medeiros, Jhennifer Conceição, Giovanna Diamante e Larissa Oliveira. Elas conquistaram o bronze. “Nadar o revezamento é importante para a natação feminina. São as melhores de cada estilo, uma prova rápida, onde as americanas sempre ganham destaque e as canadenses também”, disse Etiene.

Francisco Barretto e a ginástica artística

Grande destaque da ginástica artística brasileira nesse Pan, Francisco Barretto conquistou três medalhas de ouro nesta edição do Pan: Na barra fixa, no cavalo com alças e na equipe masculina. O triunfo de Barretto foi de grande ajuda para a ginástica brasileira. Foi a melhor campanha na modalidade na história do Pan, chegando a um total de 11 medalhas – quatro de ouro, quatro de prata e três de bronze nesta edição do evento.

Basquete feminino

Foi um desempenho histórico. A seleção feminina de basquete resgatou uma performance digna dos anos dourados da modalidade no país, quando Magic Paula e Hortência comandavam as vitórias, e voltou a ganhar um Pan-Americano. Desde 1991, nos jogos de Havana, que isso não acontecia. As brasileiras derrotaram os Estados Unidos por 79 a 73. Para chegar à final, a seleção passou por Canadá, Paraguai, Porto Rico e Colômbia. Uma conquista incontestável e merecida.

Patinação artística

Pela primeira vez, a patinação artística feminina brasileira ganhou uma medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru. A autora da façanha foi a patinadora Bruna Wurts. Com apenas 18 anos, ela subiu no degrau mais alto do pódio ao somar 103,17 pontos na apresentação.

Vela

Martine Grael e Kahena Kunze ainda surfam na boa fase iniciada com o ouro olímpico, nos jogos do Rio de Janeiro, em 2016. Em Lima, a dupla brasileira faturou o primeiro ouro em jogos Pan-Americanos na modalidade. As duas haviam conseguido a terceira colocação da regata da prova (Medal Race) e precisavam apenas terminar essa etapa para conseguir o ouro.

Boxe feminino
Beatriz Ferreira conquistou a medalha de ouro ao vencer a argentina Dayana Sanchez na categoria leve (57 kg-60 kg). Foi o primeiro ouro do Brasil no boxe feminino em jogos Pan-Americanos. O ouro veio após uma luta na qual Beatriz foi superior nos três rounds, com todos os cinco juízes dando a vitória incontestável para a brasileira.

Ouro inédito no Badminton

Ygor Coelho (Brasil), medalha de ouro no individual masculino do badminton nos Jogos Pan-Americanos Lima 2019.
Ygor Coelho (Brasil), medalha de ouro no individual masculino do badminton nos Jogos Pan-Americanos Lima 2019. - Abelardo Mendes Jr/ rededoesporte.gov.br

O melhor atleta brasileiro de badminton colocou de vez seu nome na história do esporte no Brasil. Ygor Coelho conquistou o primeiro ouro do país na modalidade ao vencer o canadense Brian Yang por 2 sets a 0.

A medalha de Ygor, no entanto, não foi a única do Brasil na modalidade. A equipe brasileira chegou ao total de cinco medalhas nesta edição do Pan: o ouro do carioca e quatro bronzes nas duplas.

Ygor tem uma origem curiosa e bonita no badminton. Ele começou no esporte ainda criança. Seu principal incentivador foi seu pai, Sebastião de Oliveira, que criou um projeto na comunidade da Chacrinha, no Rio de Janeiro, para educar e socializar crianças por meio do esporte.

Edição: Liliane Farias

Veja também:
PSG recusa pacote oferecido pelo Real Madrid para contratar Neymar
Corinthians e Fluminense jogam em situações opostas na Sul-Americana
Bruno Henrique faz dois e Flamengo vence o Inter pela Libertadores
Sertões: Campo Grande e Costa Rica recebem o maior rally das Américas e segundo maior do mundo
Dudu comemora vantagem, mas lembra: 'Não tem nada decidido'
Carille dá pistas sobre escalação do Corinthians para encarar o Flu
Sem dinheiro, Barcelona propõe ter Neymar agora e pagar só em 2020
Palmeiras volta a campo em Porto Alegre e causa ‘déjà vu’ na torcida
Na estreia de Rogério Ceni, Cruzeiro vence Santos e deixa o Z4
Tite anuncia lista da seleção com Neymar e algumas novidades
Eduardo Yudy é ouro para o Brasil na categoria até 81 kg do judô
Brasil fatura ouro e bate recorde no revezamento 4x200 metros livre
Com mudanças na pista, autódromo está pronto para Stok Car no fim de semana
Após críticas, Messi é suspenso de jogos internacionais por três meses
Medalha de ouro histórica no surfe é retrato da força da mulher
Pan: Brasil conquista duas pratas no boxe
Em dia de muitas medalhas no Pan, taekwondo brasileiro faz história
Quarteto brasileiro leva ouro no revezamento misto no triatlo
Isaquias consegue mais um ouro para o Brasil. Vagner Souta é bronze
Brasil conquista três medalhas em domingo de disputas no Pan
Jaqueline Mourão conquista o bronze no mountain bike
Brasileira conquista medalha de bronze no mountain bike
Palmeiras sai atrás, mas empata com pênalti auxiliado pelo VAR
F1 – Doente, Hamilton quase foi substituído por Ocon
Primeira medalha do Brasil no Pan-Americano de Lima sai este sábado
Juarez Soares, grande nome do jornalismo esportivo, morre aos 78
Torcedora foi agredida após clássico entre Grêmio e Internacional
Jon Jones é acusado de assédio e estrangulamento em garçonete
Corinthians e Flamengo empatam jogo em que VAR chamou atenção
Com gol de Marinho, Santos vence Botafogo e encosta no líder
Felipão vê nervosismo exagerado de jogadores do Palmeiras em derrota para o Ceará
Nathalie conquista primeiro ouro para a esgrima brasileira
Corinthians deve repetir escalação pela segunda vez neste Brasileiro
Cuca mantém projeto no São Paulo e analisa jogadores campeões da Copa SP
Barça oferece Coutinho, Dembélé e 40 mi euros por Neymar, diz jornal
Griezmann no Barcelona. Neymar nunca esteve tão inseguro
F1 – Hamilton comanda mais uma dobradinha da Mercedes na Inglaterra
F1 – Vettel não quer GP “extravagante” em Londres
F1 – Bottas supera Hamilton e faz a pole em Silverstone
Federer supera Nadal na semi e fará final em Wimbledon contra Djokovic
Palmeiras vence Inter em jogo de ida e sai na frente por vaga na semi da Copa do Brasil
Ginasta Luís Porto conquista quinta medalha brasileira na Universíade
Brasil vence Peru e faz as pazes com torcida com título da Copa América
Estados Unidos conquistam Copa do Mundo feminina pela quarta vez
Messi fala em 'corrupção' na Copa América; Conmebol responde
Expulso em jogo, Messi não participa de cerimônia de premiação
Argentina e Chile disputam terceiro lugar da Copa América
Suecas e inglesas mostram motivação para lutar pelo 3º lugar da Copa
Brasil vence a Argentina por 2 a 0 e passa para final da Copa América
Em clássico para 'salvar' Copa América, Brasil encara Argentina para ir à final
Brasileiras apitam semifinal entre Inglaterra e EUA na Copa do Mundo
Verstappen vence GP da Áustria com sequência de ultrapassagens
Brasil e Argentina decidem nesta terça vaga na final da Copa América
Peru surpreende, elimina Uruguai nos pênaltis e vai às semifinais
Holanda domina a Itália, vence e vai às semifinais da Copa
Taça Brasil de Clubes e Copa Assomasul de Futebol Amador movimentam interior no final de semana
PSG está disposto a reduzir em R$ 342 milhões o preço de Neymar
Copa América: Brasil vence Paraguai nos pênaltis e vai à semi
Brasil e Paraguai abrem hoje quartas de final da Copa América
Itália vence China e avança para oitavas da Copa do Mundo
Brasil pega o Paraguai nas quartas de final da Copa América
'Schumacher continua lutando', afirma amigo e ex-chefe Jean Todt
Brasil perde para França e dá adeus à Copa do Mundo
Brasil joga contra a França na Copa do Mundo feminina neste domingo
Brasil joga bem, anima a torcida e goleia o Peru
Equipe de MS precisa da vitória para continuar na Copa do Brasil
Brasil tem histórico negativo nos duelos contra a França no feminino
F1 – Dupla da McLaren comemora boa sexta-feira de treinos na França
Neymar posta foto com Benzema e alimenta rumores de saída do PSG
Fernando Torres anuncia aposentadoria do futebol
Copa América: Uruguai e Japão empatam em jogo movimentado
Brasil enfrenta França nas oitavas de final do Mundial Feminino
Messi marca, mas Argentina fica no 1x1 com o Paraguai na Copa América
Estadual de vôlei reúne 19 equipes e 44 jogos durante ‘feriadão’ na Capital
Copa América: Brasil empata sem gols com Venezuela
Brasil vence a Itália e se classifica para as oitavas de final
Andressa Alves sente lesão na coxa e está fora da Copa do Mundo
Andressinha: conheça a substituta de Formiga na decisão do Mundial
Palmeiras disputará Florida Cup pela primeira vez em janeiro de 2020
Copa América: Uruguai estreia com vitória; Paraguai e Catar empatam
Pesquisa Google
Pesquisa Google
Previsão do tempo
Publicidade
<
Copyright 2006 - 2019 JDCNotíciasMS. Todos os direitos reservados. Permitida a reprodução desde que citada a fonte.