Um site a serviço do Estado - Ano VII - Campo Grande - Mato Grosso do Sul
Canais: 
Busca rápida
Cadernos
CAPA
CLÍNICAS MÉDICAS
COMPRAS - PEDRO JUAN - PARAGUAY
ARTIGOS
SAIBA AONDE SABOREAR AS DELÍCIAS DA CAPITAL
POLÍTICA
CONSTRUÇÃO CIVIL NA CAPITAL
NOTÍCIAS/INTERNET/TEC
MUNDO
TELEFONES ÚTEIS
HISTÓRIA DA PIZZA
GUIA DO COMÉRCIO DE CAMPO GRANDE
BRASIL
NOTICIAS
POLICIA
FALE CONOSCO
MENSALÃO
ESPORTE NEWS
MOMENTO DE REFLEXÃO
SALMO 23 - 25
NOTA ZERO
NOTA 10
SAÚDE
GUIA DO COMÉRCIO DE CAMPO GRANDE
RIO DE JANEIRO
HOTELARIA
JUSTIÇA
ECONOMIA
HORA DO RISO/PIADAS
TRAGÉDIA
FISCALIZAÇÃO PMR
EDUCAÇÃO
OPERAÇÃO LAVA JATO
OPERAÇÃO NOTA ZERO
LAMA ASFÁLTICA
GAECO
SEGURANÇA PÚBLICA
POLÍCIA FEDERAL
OPERAÇÃO RIQUIXÁ
GGIFRON
Publicidade
Publicações
10/09/2019 08:08
TJMS regulamenta o acondicionamento de resíduos em todos os prédios da Capital
Noticias


Está publicada no Diário da Justiça desta terça-feira (10) a Portaria nº 1.584, de 4 setembro de 2019, que regulamenta o acondicionamento adequado dos resíduos sólidos nas dependências do Tribunal de Justiça e demais unidades da comarca de Campo Grande. O objetivo é, por meio de ações educativas, reduzir o impacto da atuação do órgão no meio ambiente, aumentando o engajamento de todos que atuam e frequentam os prédios do Poder Judiciário para terem atitudes positivas com o uso de recursos naturais e sua destinação após o uso.

A normativa é assinada pelo presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, Des. Paschoal Carmello Leandro, e considera o compromisso de implementar a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU) para o Desenvolvimento Sustentável e a Resolução n.º 201/15, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que recomenda práticas de sustentabilidade, racionalização e consumo consciente de materiais e serviços deverão abranger, dentre outras coisas, a gestão dos resíduos sólidos.

A partir da vigência da normativa, o condicionamento de resíduos sólidos no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul e demais unidades da comarca de Campo Grande devem observar os objetivos de aumentar a quantidade de resíduos sólidos reutilizáveis e recicláveis secos que será reintroduzida à cadeia produtiva, especialmente de reciclagem; reduzir os impactos negativos atrelados à disposição final incorreta; atenuar os riscos à saúde da população e dos profissionais envolvidos direta indiretamente; reduzir os custos de pagamento pela coleta e motivar mudanças expressivas nas condições de trabalho e de vida dos catadores de materiais recicláveis em Campo Grande.

Em 13 de maio de 2019, o Tribunal de Justiça criou o Núcleo Socioambiental, vinculado à Presidência, dando impulso as iniciativas de sustentabilidade do órgão. Com isto, pôde ser levantado que a Secretaria do Tribunal de Justiça e demais unidades da comarca de Campo Grande geram cerca de 8.000 kg por mês, entre rejeito (banheiro) e resíduos sólidos e orgânicos (salas e copas), que, se misturados, perdem a possibilidade de recuperação.

Segundo a Portaria, os resíduos sólidos e orgânicos (materiais com possibilidade de recuperação) e rejeitos (materiais sem possibilidade de recuperação), gerados pela atuação do Poder Judiciário de MS, deverão ser separados de acordo com o seu tipo, observado os seguintes critérios: tipo 1 - "papel para reciclagem"; tipo 2 - "resíduo seco reciclável" (plástico, latas, vidros, madeiras, papelão); e tipo 3 - "resíduo úmido orgânico" (não recicláveis).

Serão utilizadas as mesmas lixeiras que já estão nas salas, que serão identificadas com adesivos. As caixas para coleta de papel serão disponibilizadas pela empresa H2L, o que possibilitará o reaproveitamento de matéria-prima, o que vem ao encontro da sustentabilidade.

A Secretaria do Tribunal de Justiça, Escola Judicial do Estado de Mato Grosso do Sul (Ejud-MS), anexo da Secretaria de Bens e Serviços, Fórum de Campo Grande, Centro Integrado de Justiça - Cijus, Arquivo, Juizados Itinerante, do Trânsito e das Moreninhas e o Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec) são as unidades judiciárias que se adequaram a nova sistemática.

Além da preocupação ambiental, contribuir socialmente com a geração de renda para as pessoas que trabalham com materiais recicláveis será um objetivo. O Tribunal de Justiça Estadual poderá celebrar convênios, contratar serviços realizados pelas empresas ou cooperativas, ou, ainda, celebrar parcerias com associações de catadores de materiais recicláveis, cadastrados na Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur) para dar a destinação correta aos resíduos.
 
A Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

Autor da notícia: Secretaria de Comunicação - imprensa@tjms.jus.br

Veja também:
Papa Francisco será presenteado com parte de corpo de Irmã Dulce durante cerimônia de canonização
Confira a escala de plantão nas UPAs e CRSs médica desta segunda-feira (20/09)
Setembro Verde: MS lança campanha estadual nesta sexta-feira
Sexta-feira com possibilidade de chuva isolada para MS
TJMS distribui mudas em comemoração ao Dia da Árvore nesta sexta
Des. Paschoal Carmello Leandro recebe homenagem na solenidade de 25 anos da UEMS
Três Lagoas ganha nova indústria, a primeira do MS a beneficiar fibra curta de celulose
Meteorologia prevê calor acima dos 40°C para esta quinta-feira
Uma aposta leva mais de R$ 120 milhões na Mega-Sena
Campo Grande tem 71 radares em operação; Veja locais
Carreta da Justiça atende 170 pessoas em Jateí e chega amanhã em Vicentina
Anatel combate pirataria de produtos de telecomunicações em 11 estados
Dólar opera perto da estabilidade à espera do Fed e do Copom
Depois de calor recorde, estiagem pode bater média histórica dos últimos dez anos em MS
MP denuncia Najila Trindade por acusação caluniosa e extorsão
Antes de deixar cargo, Dodge pede suspensão dos decretos das armas
Confira a escala médica de plantão das UPAs e CRSs para esta quarta-feira, (18/09)
Quarta-feira de calor e tempo seco no Estado
Namorada do sertanejo Sorocaba chama atenção na web pela beleza
Tribunal de Justiça capacita 36 pessoas em Mediação Judicial
Judicialização da saúde está em pauta no Congresso Brasileiro Médico e Jurídico
Semana Nacional de Trânsito terá simuladores de embriaguez e impacto no Estado
3ª Câmara Criminal mantém absolvição por suposto furto de energia
Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio de R$ 120 milhões
Próxima sessão da 4ª Seção Cível é alterada para 21 de outubro
Meteorologia prevê continuidade de altas temperaturas nesta terça-feira
Saques do FGTS: Caixa dá dicas para evitar golpes contra o trabalhador
MS registrou temperatura mais alta do País neste domingo
'Adeus, mãe': Antes de jogar carro em caminhão, ex manda filho gravar despedida aos prantos
Compradores fazem jus a receber valor da diferença de metragem de imóvel
Novas regras para tirar CNH entram em vigor nesta segunda-feira
Judiciário de MS põe em prática o acondicionamento adequado de resíduos
Confira a escala médica de plantão das UPAs e CRSs para esta segunda-feira, (16/09)
Com mil lotes e maior procura por celular, leilão segue aberto para lances
Pedidos de refúgio no Brasil podem ser feitos apenas pela internet
Mais de 82 mil pessoas desapareceram no último ano, segundo anuário
Morre o cantor português Roberto Leal em São Paulo
Setembro é mês para licenciar veículos com placa final 9
Idoso morre após bater em árvore e capotar carro em rodovia
Mato Grosso do Sul é referência mundial em biotecnologia agropecuária
Tempo: Domingo com umidade do ar em alerta e calor de 43°C em MS
Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 120 milhões
Mato Grosso do Sul sob efeito de nova onda de calor
Mega-sena acumulada sorteia hoje prêmio de R$ 100 milhões
Sem previsão de chuva em MS, população deve tomar cuidado com riscos de queimadas
Município deve disponibilizar alimentos específicos a gêmeos alérgicos
Sexta-feira de céu parcialmente nublado e baixa umidade do ar
Confira ruas que serão interditadas no fim de semana
Empresa de energia deve remover poste sem custos à consumidora
Procurador que reclamou de miserê ganha 10,7 vezes média do brasileiro
Governo do Estado pede apoio aéreo para combater queimadas em áreas críticas
A pedido de juiz, delegacias gravarão interrogatórios de homicídios dolosos
Confira a escala médica de plantão das UPAs e CRSs para esta quinta-feira, (12/09)
Quinta-feira terá céu claro a parcialmente nublado com névoa em Mato Grosso do Sul
Frente fria chega, mas onda de calor volta no fim de semana
CNJ aprova nova norma sobre viagens nacionais de crianças desacompanhadas
Confira a escala de plantão nas UPAs e CRSs médica desta quarta-feira (11/09)
Com umidade do ar em estado de emergência Defesa Civil alerta para cuidados no calor de 43°C
De açougueiro a vendedor, Funtrab oferece 169 vagas de emprego
Mega-Sena sorteia hoje prêmio acumulado de R$ 90 milhões
Mato Grosso decreta situação de emergência por causa de queimadas
TJ inicia o pagamento de mais de R$ 43 milhões a mais de mil credores de MS
Menino de 9 anos tem perna dilacerada após cair de trator em movimento
Relatório aponta perfil da diversidade de raça e gênero dos servidores do TJMS
Calor pode bater recorde histórico dos últimos 9 anos nesta terça-feira
Ex-BBB Elana exibe curvas na praia: "Começando a semana bem"
Mega-Sena acumula e prêmio pode chegar a R$ 90 milhões
Evento sobre Direito Ambiental reunirá Ministros em Bonito
Abertas inscrições para seleção de estagiários em Dourados
Confira a escala médica de plantão das UPAs e CRSs para esta segunda-feira, (09/09)
Centro de equoterapia da Polícia Militar de MS auxilia centenas de pacientes
Segunda semana de setembro começa com tempo firme no Estado
Receita libera consulta ao 4º lote do Imposto de Renda nesta segunda
Mato Grosso do Sul tem 9 cidades entre as mais quentes do país
Toffoli suspende apreensão de livros LGBT na Bienal do Rio
Domingo de tempo firme em todo o Mato Grosso do Sul
IBGE confirma: MS foi único estado produtor a aumentar área plantada em 2018
Dona de casa picada por cobra corre risco de perder a mão
Desfile cívico em Campo Grande reuniu mais de 20 mil; veja as imagens
Lotofácil da Independência tem 33 apostas ganhadoras
Pesquisa Google
Pesquisa Google
Previsão do tempo
Publicidade
<
Copyright 2006 - 2019 JDCNotíciasMS. Todos os direitos reservados. Permitida a reprodução desde que citada a fonte.